Você esperava que a palavra de 2018 tivesse um significado tão pesado? "Tóxico" foi a escolhida pelo dicionário britânico - descubra o porquê.

Você sabia que todo final de ano uma palavra é escolhida para defini-lo? É uma espécie de retrospectiva, “que representa o humor ou as preocupações do ano e tem um potencial duradouro como termo de significado cultural”, como resumiu o Dicionário Oxford, responsável por essa seleção.

O que ninguém esperava, porém, é que 2018 tivesse um significado tão pesado – ou esperava? “Tóxico” foi a palavra escolhida pelo dicionário britânico.

 

 

Nas páginas do dicionário, tóxico é definido como “veneno” ou “venenoso”. Mas a palavra do ano tem também um significado mais profundo, que engloba desde produtos químicos altamente perigosos, até os relacionamento e modelos de cultura que também são nocivos à nossa saúde.

O motivo da escolha? Não é uma análise comportamental, apenas. O Oxford justificou que a palavra teve um aumento de 45% nas pesquisas em seu site, além de ter sido usada em uma série de contextos com sentido literais e metafóricos. Ela foi associada a outras dez palavras – “química“, “masculinidade“, “substância“, “gás“, “ambiente“, “relacionamento“, “cultura“, “desperdício“, “algas” e “ar” -, que também obtiveram um aumento significativo nas pesquisas do site, além dos termos “gaslighting” (manipulação psicológica em que a vítima duvida de sua própria sanidade) e “overtourism” (“orbitando”, em português, que é quando as pessoas não possuem qualquer interação física, porém mantêm a presença viva online).

É algo pra se pensar, não acham? De tóxico mesmo, a gente prefere manter só o vídeo da Britney Spears.

 

Fotos: Oxford Dicionaries

Posts Relacionados

Deixe um comentário