Serena Williams – mãe, deusa, rainha e campeã!

Serena Williams Virgil Abloh Roland Garros

Das quadras, Serena Williams dá seu recado com raquetadas precisas e uniformes subversivos: campeã, deusa, mãe e rainha, "como todas as mulheres são."

Eleita oito vezes a tenista número 1 do mundo, Serena Williams dá um show à parte com seus trajes esportivos inusitados e ultra modernos.

Para sua estreia no Rolando Garros deste ano, no começo da semana, ela escolheu um modelo da Nike com o estilista Virgil Abloh – que vem a ser a última sensação das passarelas francesas.

A roupa (abaixo), que desta vez segue os padrões oficiais de trajes femininos de tenista, se destacou por conter palavras em francês como “Mãe”, “Rainha”, “Deusa” e “Campeã” estampadas no modelo.

 

Serena Williams Virgil Abloh Roland Garros

 

“[A roupa] Fala sobre mim sendo mãe e sendo rainha, como todas as mulheres são. Uma campeã”, declarou Serena à imprensa. Essa é uma mensagem clara a todas as mulheres que algum dia foram criticadas por sua natureza – o que traz de volta o banimento de seu macacão à la Pantera Negra no ano passado.

Quando retornou às quadras, após o nascimento de sua filha, Williams passou a usar o uniforme (abaixo) e foi criticada pela comissão de tênis, que a proibiu de usá-lo no campeonato por fugir às regras de vestimenta para atletas deste esporte.

A questão era que o macacão não tinha função estética, mas funcional: ajudava a melhorar sua circulação sanguínea. “Eu tenho muitos problemas com coágulos sanguíneos e não sei nem dizer quantos eu tive nos últimos dois meses. Geralmente tenho usado calças quando eu jogo, o que mantém a circulação sanguínea. É um traje divertido mas também é funcional, que me permite jogar sem problemas”, contou na ocasião.

 

Serena Williams Virgil Abloh Roland Garros

 

Esta foi a segunda vez que Serena Williams vestiu um uniforme criado por Virgil Abloh – o primeiro chamou atenção por ser inspirado em bailarinas (abaixo).

 

 

Fotos: Getty Images e reprodução

Posts Relacionados

Deixe um comentário