amor no trabalho gráfico Financial Times

Na faculdade, no bar ou no Tinder - onde está seu grande amor? Esse gráfico do Financial Times mostra a evolução no comportamento de encontros de casais heterossexuais.

No final do ano passado, uma reportagem no Financial Times abordou a transformação na política de relacionamentos dentro do local de trabalho.

A partir dos anos 50, quando o número de contratações de mulheres em escritórios aumentou significativamente, era comum casais heterossexuais serem formados dentro das empresas. Uma das consequência era a demissão dos apaixonados, devido à rigorosa regra contra relacionamentos no trabalho.

 

 

No decorres das décadas, entretanto, aconteceu uma grande mudança no comportamento de encontros de casais heterossexuais dentro dos Estados Unidos, e o resultado da reportagem gerou este gráfico acima.

Desde os anos 40 o mais comum eram casais serem formados com a ajuda dos amigos, mas perto dos anos 2000 esse número começou a cair – e continua em declínio. Seguindo o gráfico, tudo por culpa da grande ascensão dos sites de encontros e relacionamentos como o Tinder, por exemplo.

Além destes métodos tradicionais de encontros, os casais heterossexuais nos Estados Unidos são formados principalmente em bares, mas também na escola, faculdade e até na igreja.

E você, já encontrou o seu grande amor? Conta pra gente onde ele estava…

Foto: Getty Images e Financial Times

Posts Relacionados

Deixe um comentário