Elo emocional entre humanos e seus pets é real

vinculo emocional entre humanos e cachorros

Que existe um vínculo emocional entre o humano e seu pet a gente já sabe, mas agora esse elo foi confirmado na pesquisa encomendada pela Boehringer Ingelheim.

Que existe um vínculo emocional entre o humano e seu pet a gente já sabe. Mas segundo um novo estudo divulgado no blog Bom Pra Cachorro, esse elo é ainda mais forte para pessoas com problemas de saúde.

O estudo foi feito pelo Instituto Ipsos para a Boehringer Ingelheim e analisou 3 mil tutores de cães e gatos na França, Grã-Bretanha, Alemanha, Itália e Espanha. Eles foram separados em três grupos diferentes: tutores saudáveis, tutores com problemas de saúde, e crianças com problemas de saúde.

Foi analisada a sua relação diária e laços com os animais, e depois feita uma consulta para quantificar o relacionamento e benefícios dos animais para cada um deles. A maioria apontou o animal como membro da família e citou o impacto positivo de sua presença no cotidiano, proporcionando mais relaxamento e contribuindo para a prática de exercícios.

 

pessoas com problemas de saúde tem vínculo emocional mais forte com seus animais

 

Por fim, o resultado confirma: o vínculo emocional entre animais e seus donos existe sim, e da seguinte forma:

. 96% dos donos de cães e 91% dos donos de gatos afirmaram o impacto positivo;
. 66% os consideram membros da família;
. 55% sugeriram que a presença dos animais em suas rotinas melhora seu estado de saúde, proporcionando mais relaxamento;
. 43% dizem que a relação com seus animais contribui para a prática de exercícios;
. 7% afirma que o convívio com animais também resultou na diminuição de uso de medicamentos como relaxantes, depressivos e sedativos;
. 80% falaram sobre amor incondicional e confiança dentre o grupo de tutores com problemas de saúde, que também foram identificados por passarem mais tempo com seus animais que os tutores saudáveis;
. Tutores com filhos com problema de saúde são mais conscientes do vínculo humano-animal que os outros dois grupos.

A Boehringer Ingelheim diz ter contratado o estudo devido ao aumento de vínculo evidente das pessoas com os animais de suas casas, e a interferência que isso resultou na saúde humana.

Fotos: Getty Images

Posts Relacionados

Deixe um comentário