Beyoncé, Madonna e suas capas da Vogue

Beyoncé assume o posto de Anna Wintour. Madonna comemora 60 anos na capa da Vogue Itália. Relembre a história dessas estrelas com a icônica revista de moda.

Beyoncé está prestes a fazer história na redação da Vogue América! Isso porque para aceitar estampar a capa da edição de setembro da revista ela impôs a seguinte condição: assumir o controle total da produção das fotos, algo que até então sempre ficou a cargo da editora-chefe e toda-poderosa Anna Wintour.

O resultado dessa dominação ainda vamos ter que esperar um pouco pra conferir, mas o que já sabemos é que Queen B elegeu o fotógrafo Tyler Mitchell para fazer os cliques.

 

 

Enquanto isso a gente relembra as quatro capas da Vogue estampadas por Beyoncé. Em abril de 2009, com a chamada “Mulheres de verdade têm curvas”, foi sua estreia na Vogue América. Em maio de 2013 teve dobradinha, América e britânica. A mais recente é de setembro de 2015.

 

 

De Beyoncé pulamos para Madonna. A primeira passagem da cantora pelas capas da Vogue se deu em maio de 1989 (acima). Na época Anna Wintour, que já era editora-chefe da revista, não botou muita fé no poder de influência de Madonna, mas foi surpreendida pelos números: as vendas daquela edição tiveram um aumento de 40%!

 

 

Mas foi nas edições italianas onde a cantora mais brilhou, agora com sete capas pra colocar no currículo. A primeira em fevereiro de 1991, logo após o lançamento de seu livro “Sex”, encenando Marilyn Monroe (acima).

Em 2017 foi a vez de estampar quatro versões diferentes para a edição de fevereiro:

 

 

E para celebrar o aniversário de 60 anos da cantora (dia 16/08) a Vogue Italia apresentou Madonna em seu novo lar português, clicada por Mert & Marcus, em duas versões de capas diferentes para a edição de agosto. Qual a sua favorita?

 

 

Fotos: Reprodução

Posts Relacionados

Deixe um comentário