A primeira fotografia oficial de Marte

primeira fotografia oficial de Marte

A sonda norteamericana Mars InSight chegou nesta segunda-feira ao planeta Marte e já enviou a primeira foto da sua superfície. 

Sabe aquela história de que se tudo der errado aqui na Terra, a humanidade poderá migrar para o “Planeta B”? Bom, parece que isso está cada vez mais perto de se tornar realidade. É que a sonda norteamericana Mars InSight chegou nesta segunda-feira ao planeta Marte e já enviou a primeira foto da sua superfície para que possamos identificar.

É a primeira vez que uma missão espacial rende um resultado com tamanha qualidade, que nos possibilita observar com total nitidez as condições geológicas do solo marciano – imagem abaixo.

 

primeira fotografia oficial de Marte

 

Segundo a Reuters, o ponto de aterrisagem da sonda fica na região equatorial do planeta, a aproximadamente 600km de onde a última sonda da Nasa, batizada “Curiosity“, pousou em 2012. A missão do robô, nos próximos 24 meses, é tentar coletar informações sobre o solo desse planeta – curiosidade: 24 meses equivalem a 1 ano de Marte. A ativação do funcionamento de todos os seus equipamentos deverá ser concluída no período de 2 a 3 meses a partir de agora.

Uma ilustração digital enviada pela NASA mostra a dimensão da InSight no solo marciano:

 

primeira fotografia oficial de Marte

 

Só pra ir se preparando, caso uma expedição comercial à Marte chegue a ser realizada – assim como já foram abertas as inscrições para o primeiro hotel espacial -, foram sete meses de viagem para a sonda chegar ao local de pouso.

Após concluir a missão para descobrir se existe qualquer forma de vida no planeta, com a confirmação de água líquida, por exemplo, o projeto visa lançar a primeira expedição humana para Marte no ano de 2030.

Quer ir mais fundo na nerdice e descobrir qual é a receita de sucesso que levou a NASA a ser a primeira organização a concluir esse feito sem falhas? Anota aí:

. A ativação do paraquedas, a abertura de seus “pés” e a redução de velocidade de 19.800 km/h a 8 km/h em apenas sete minutos;
. Retoques finais no algoritmo que guiou a nave espacial até a superfície horas antes de sua entrada na atmosfera, onde a temperatura chegava a 1.500°C;
. A sonda tinha um escudo térmico reforçado para tolerar o impacto;
. A InSight se deslocou 480 milhões de quilômetros a quase de 20.000km/h, entre três e quatro vezes mais rápido que uma bala de fuzil, e tinha que alcançar uma área retangular de cerca de 10km por 24km;
. Horas depois de sua chegada, a InSight ativou seus painéis solares, uma fase que também era crucial, pois é a única forma de recarregar suas baterias a cada dia;
. Outro instrumento importante, de origem alemã, é o HP3, que deverá escavar entre três a cinco metros na superfície de Marte para medir sua temperatura;
. Os sensores de ventos da nave são de fabricação espanhola.

 

E ainda, pra quem quiser acompanhar as descobertas da sonda Mars InSight em Marte, a NASA criou uma conta no Twitter especialmente com esse propósito: @NASAInSight.

 

Fotos: Divulgação NASA

Posts Relacionados

Deixe um comentário