15 curiosidades sobre o filme “Ghost – Do Outro Lado da Vida”

Em julho o filme "Ghost - Do Outro Lado da Vida" completa 28 anos e, pra esquecer o peso da idade, nós resolvemos listar 15 curiosidades sobre ele.

Mal dá para acreditar que “Ghost – Do Outro Lado da Vida” já completou 28 anos. Lançado em 1990, o filme estrelado por Demi Moore e Patrick Swayze se tornou clássico absoluto e tem uma das cenas mais sexies do cinema.

 

 

Aí em cima um frame do momento em Sam (Patrick) e Molly (Demi) se empolgam com um beijo e derrubam o pote de cerâmica que ela estava fazendo. O “figurino” do galã, um par de calças jeans, talvez tenha inspirado o de Christian Grey em “Cinquenta Tons de Cinza“, que também aparece só com a peça em algumas das cenas mais sensuais da trilogia.

 

 

Seja lá como for, a verdade é que “Ghost” é uma trama repleta de curiosidades – da só uma olhada:

1. A fim de manter a autenticidade da cena, Demi Moore e Jerry Zucker, diretor do longa, tiveram aulas de cerâmica;

2. Não estava no script o pote desmoronar na cena que acabamos de relatar, mas Patrick e Demi deram continuidade a ela mesmo assim;

3. O som das “sombras negras” que aparecem no filme é, na verdade, uma gravação de bebês chorando reproduzida em alta rotação;

4. O papel de Oda Mae não foi feito para Whoopi Goldberg, mas Patrick era seu fã e convenceu os produtores a colocá-la no longa. A atriz ganhou o Oscar, o Globo de Ouro, o BAFTA e vários outros prêmios por sua atuação;

5. Patrick Swayze confessou que esse foi o papel mais difícil de sua carreira, tendo em vista que seu personagem atuava como um observador, e não participante efetivo das cenas;

6. Para dar mais veracidade às emoções da cena final, em que Sam se despede de Molly, o ator pensou em seu pai que havia falecido em 1982. Aliás, o roteirista Breuce Joel Rubin disse que só escalou Swayze para o papel de Sam Wheat depois de ter assistido a uma entrevista do ator em que ele chorava ao falar sobre o pai. Rubin disse que se um cara estilo machão pode chorar por um ente querido, então ele seria perfeito para “Ghost”;

7. O papel de Molly foi oferecido a Molly Ringwald e Nicole Kidman, que chegaram a fazer os testes. Demi, até então uma atriz pouco conhecida, levou a melhor por sua capacidade de chorar com o olhar fixo. Ela já era casada com Bruce Willis, que recusou o papel de Sam oferecido a ele antes do Swayze;

8. Ashton Kutcher, o segundo marido de Demi Moore, recriou a icônica cena da cerâmica em “Two and a Half Man“. Essa foi uma das muitas paródias que o filme ganhou;

 

 

9. O diretor não se convenceu a usar Patrick Swayze logo de cara. Ele ainda tentou levar atores como Tom Hanks, Tom Cruise, Nicolas Cage e Johnny Depp para o papel central. Foram os resultados ruins dos testes que fizeram com que ele desse a chance a Swayze – mas ainda assim acreditando que daria tudo errado;

10. A carreira de Demi Moore deslanchou depois de “Ghost” e ela se tornou a atriz mais bem paga do cinema – Demi recebeu US$ 12,5 milhões para fazer “Striptease”, o valor mais alto pago para uma atriz até então;

11. O filme foi um sucesso inesperado de bilheteria. Em 1990 outros longas de muito sucesso também estrearam, entre eles “Uma Linda Mulher“, “Dança com Lobos” e “De Volta Para o Futuro 3“, mas sabe quem arrecadou mais de US$ 500 milhões, né?

12. A mãe do diretor e a filha do roteirista aparecem na trama como a caixa do banco e a freira que desmaia em cima do cheque, respectivamente;

13. Na época do lançamento do filme em Monterrey, no México, as mulheres recebiam um envelope escrito “Solo para mujeres” que continha um pequeno lenço de tecido. Fofo!

14. Whoppi Goldberg interpretou uma freira em “Ghost” e, como sabemos, o feito se repetiu mais duas vezes em “Mudança de Hábito” e “Mudança de Hábito 2“;

15. Uma das maiores bilheterias de “Ghost” veio do Japão, onde até recriaram uma versão nacional pro longa. A versão japonesa é de 2010 e quem morre é a mulher. Quem aí ficou curioso pra assistir?

 

 

Fotos: Reprodução

 

Posts Relacionados

Deixe um comentário