GLOBAL CHANGE AWARD 2016 PREMIA A SUSTENTABILIDADE NA MODA

Um cenário fashion mais sustentável, no qual as indústrias ligadas à moda possam reduzir cada vez mais os impactos causados pelo descarte de resíduos no planeta e contribuir para um consumo mais consciente. Esse foi o desafio lançado pelo Global Change Award 2016 para estimular novas ideias voltadas à diminuição do desperdício no processo da confecção e […]

Um cenário fashion mais sustentável, no qual as indústrias ligadas à moda possam reduzir cada vez mais os impactos causados pelo descarte de resíduos no planeta e contribuir para um consumo mais consciente. Esse foi o desafio lançado pelo Global Change Award 2016 para estimular novas ideias voltadas à diminuição do desperdício no processo da confecção e consumo da moda. Em sua segunda edição o concurso contou com mais de três mil projetos, vindos de 130 países participantes, e cinco foram os vencedores que dividirão o prêmio de EUR 1 mi. As propostas alternativas focadas na sustentabilidade são surpreendentes: tem desde couro à base de vinho até tecido feito de estrume. Dá uma espiada aí embaixo pra conhecer cada uma delas…

Manure Couture – Tecido biodegradável à base de estrume de vaca:

Denin-Dyed Denin – Transformar jeans velho em pó para tingimento de novos jeans:

Solar Textiles – Produzir um tecido de nylon biodegradável utilizando água, energia solar e resíduos de plantas:

Contend Thread – Adicionar um fio digital na confecção do vestuário que contenha todas as informações sobre o material que compõe as peças:

Grape Leather – Aproveita as sobras das uvas utilizadas na confecção do vinho para confeccionar um fino couro vegetal:

Foto: Reprodução

Posts Relacionados

Deixe um comentário