O coque duplo de Cara Delevingne e seu significado empoderador

a força empoderadora do coque duplo de Cara Delevingne

Um novo dia de coque duplo na vida de Cara Delevingne... Mas ei, você sabe qual é a referência do penteado que a modelo e atriz tanto usa?

Um novo dia de coque duplo na vida de Cara Delevingne, e a gente já quer sair correndo pra copiar o visual.

 

a força empoderadora do coque duplo de Cara Delevingne

 

Coque duplo

A modelo e atriz foi flagrada pelas ruas londrinas com look que é a maior fofura! P&b bem basiquinho, com saia curta e camiseta branca, somado aos detalhes em vermelho pra dar um destaque. O coque duplo no cabelo potencializou o visual divertido da produção ficar completa.

Mas não vamos esquecer que Cara já aderiu ao visual do coquinho no passado, em 2016, quando todo mundo conotou o look com o resgate da tendência anos 90.

 

a força empoderadora do coque duplo de Cara Delevingne

 

90’s

Antes de mais nada: essa referência tem o seu porquê. Foi na década de 1990 o momento de glória do coque duplo.
Nos anos 90 os coquinhos duplos eram uma técnica simples para mudar a aparência e deixar o visual mais pop. Ainda mais depois das aparições da cantora islandesa Björk (abaixo) com o look. Porém, deixemos claro: ela não foi a primeira. Quando falamos de Björk o penteado é quase uma sua marca registrada no fim dos anos 80.

 

a força empoderadora do coque duplo de Cara Delevingne

 

70’s

Definitivamente, há um outro registro dos coques duplos antes disso. Não vamos esquecer da Princesa Leia (abaixo) na saga “Star Wars“. Conhecemos o seu look tão característico no quatro filme, em 1977.

Foi ela que revolucionou pra sempre os coques duplos! E empoderou o visual das mulheres que correm atrás de seus objetivos. Seus coques eram bem maiores, baixos, e cobriam toda a orelha.

 

a força empoderadora do coque duplo de Cara Delevingne

 

Talvez tenha saído daí a referência para criar o look de Chun Li (abaixo). Ela foi a primeira heroína dos jogos de videogame dos anos 90, e personagem incluída em “Street Fighter“. A bordo de um qipao, a jovem lutava com adversário bem maiores do que ela. E seu penteado era composto por um par de coques no topo da cabeça.

 

a força empoderadora do coque duplo de Cara Delevingne

 

Essa mensagem fica mais clara quando as Spice Girls (abaixo) aderiram ao coquinho duplo em várias apresentações.

 

a força empoderadora do coque duplo de Cara Delevingne

 

Mas foi o cabelo azul de Gwen Stefani (abaixo) que se tornou a imagem emblemática dessa referência, quem lembra?

 

a força empoderadora do coque duplo de Cara Delevingne

 

Porém, foi com Gwen que a gente sentiu o poder do coque duplo para a construção de um visual forte. Dessa forma, que transmite uma mensagem. Foi nesse período que deu pra sacar a possibilidade de trabalhar diversos visuais diferentes em um curto período de tempo. Lavou, tá novo!

 

a força empoderadora do coque duplo de Cara Delevingne

 

Miley Cyrus (acima) também deixou a dica e não faz muito tempo. Afinal, os coquinhos marcaram a fase da cantora em que ela trabalhava os looks mais divertidos, quando apresentou o VMA em 2015, lembra?

Em conclusão, o penteado que pode até parecer ter ares de infantil, tem na verdade é muita força!

 

Fotos: Reprodução

Posts Relacionados

Deixe um comentário