Glossário universal de cortes de cabelo

Se você está louquinha pra tesourar a cabeleira, consulte antes esse glossário universal de cortes, minuciosamente organizado pelo site Style Caster e reproduzido aqui por nós.

Se você está louquinha pra tesourar a cabeleira, consulte antes esse glossário, minuciosamente organizado pelo site Style Caster, e reproduzido aqui por nós.

Baby Bangs (franja de bebê)

São as franjas super curtas, geralmente cortadas até o meio da testa. A manutenção do corte é frequente.

 

Side Bangs (franja de lado)

A franja é separada para um dos lados da cabeça, naturalmente inclinada na direção da bochecha.

 

Curtain bangs (franja-cortina)

Visual estiloso proveniente dos anos 60, tem o centro da franja dividido ao meio, como se fosse uma cortina se abrindo. Indicado para qualquer comprimento de cabelo, porém requer manutenção extra em fios ondulados.

 

Straight-Across bangs (franja de fio reto)

Essa franja tem a base reta e é formada por mechas puxadas lá do meio da cabeça. Ela é bastante volumosa e sugere-se que cubra as sobrancelhas.

 

Pixie (corte joãozinho)

O corte de cabelo é todo curtinho, inspirado nos cortes masculinos, e os fios penteados para a frente resultam numa franjinha bem fofa.

 

Bob (corte chanel)

É um corte de cabelo curto e nivelado, mais ou menos na altura da mandíbula. As opções de franja são igualada ao restante do fios ou um pouco mais curta na frente.

 

Lob (o chanel um pouquinho diferente)

Pode ser chamado de Bob longo ou chanel longo. Nele os fios caem ao longo da clavícula e serve bem todos os formatos de rosto.

 

Layers (camadas)

Cortar o cabelo em camadas, com fios mais curtos no topo da cabeça, é ótimo para criar ilusão de comprimento e volume.

 

Shaggy (bagunçado)

Segue o mesmo princípio do corte em camadas, porém elas são desfiadas mecha por mecha para dar mais volume no topo da cabeça. Nas pontas, as mechas ficam mais finas.

 

Medium Leight (comprimento médio)

Ótima estratégia para manter o volume no cabelo, deixando comprimento suficiente para prender os fios pra cima sempre que desejar. Se quiser arriscar a franja, aproveite que agora vem o inverno para cobrir toda a testa.

 

Long (compridão)

Fios abaixo dos ombros = cabelo comprido. A brincadeira aqui acaba saindo mais cara (mais produtos, tratamentos mais caros), mas esse corte possibilita mais visuais diferentes.

 

Asymmetrical (assimétrico)

Os lados desse corte são irregulares, e a diferença de comprimentos é bem visível.

 

A-line (linha A)

O corte tem a parte de trás consideravelmente mais curta que a da frente. Atenção: este corte não possui camadas! É franjão mesmo…

 

Blunt (base régua)

O corte é tão reto que parece feito com régua! Recomendado para quem possui os fios de cabelo finos, pois pode adicionar peso e estrutura.

Fotos: Reprodução

Posts Relacionados

Deixe um comentário