a evolução das franjas

Cortes de cabelo com franja são clássicos atemporais, mas passaram por algumas variações ao longo das décadas. Veja como surgiram e onde chegaram.

Cortes de cabelo com franja são clássicos atemporais, mas passaram por algumas variações ao longo das décadas.

O chanel de Louise Brooks e sua franja curta e cheia foi o princípio de tudo. O corte estreou na década de 20 com visual polido e geométrico, mas deixou margens para muitas possibilidades a partir de então.

 

a evolução das franjas

1. Louise Brooks (década de 1920) / 2. Anna Wintour (desde os 14 anos de idade) / 3. Katie Holmes (2005) / 4. Coco Rocha (2010) / 4. Rooney Mara (2011).

 

As baby bangs de Bettie Page também fizeram história: o corte é reto, alinhado no meio da testa e super cheio, com o volume da franja coletado de fios partindo do meio da cabeça. É preciso ter paciência para modelar os fios, que têm formato côncavo. O tom castanho escuro potencializa o look e aproxima à referência de Page.

 

a evolução das franjas

1. Bettie Page (1950) / 2. Dita Von Teese (anos 2000) / 3. Katy Perry (anos 2010) / 4. Beyoncé (2014).

 

Jane Fonda estreou nos anos 60 o que conhecemos hoje como franja lateral. A dita cuja pode ser curtinha ou mais longa, mas o importante é deixar o visual varrido à vista.

 

a evolução das franjas

1. Jane Fonda (anos 60) / 2. Reese Witherspoon (começo dos anos 2000) / 3. Cameron Diaz (anos 2000) / 4. Emma Stone (2019).

 

A franja de Brigitte Bardot é tão específica que seu nome batizou o corte. O modelo é mais longo, abaixo ou na altura dos olhos, e cortado em camadas que formam uma moldura em volta do rosto. Olhando de frente a franja é repartida ao meio em formato tipo cortina, mas o resto do cabelo é penteado pra trás formando um volume mais elevado no topo da cabeça. A franja de Brigitte Bardot não é exclusivamente curta.

 

a evolução das franjas

1. Brigitte Bardot (anos 60) / 2. Kate Moss (começo anos 2000) / 3. Chloé Moretz (2017) / 4. Alexa Chung (2017) / 5. Georgia May Jagger (2015).

 

O cabelo de Farrah Fawcett também virou uma marca registrada, e é o visual oficial dos anos 70, tornando-se atemporal com o passar dos anos. Trata-se da franja longa em camadas e escovadas com as pontas para fora. Atualmente o look mudou um pouquinho, e como Kate Middleton as garotas de cabelos longos podem ter adicionado ondas ou cachos no comprimento dos fios.

 

a evolução das franjas

1. Farrah Fawcett (anos 70) / 2. Madonna (2006) / 3. Nicole Richie (2005) / 4. Kate Middleton (2018).

 

A franja de Jane Birkin é mais rala para compor o visual “cool” de garotas que prezam pela beleza natural. Isso significa manter a textura natural dos fios, incluindo a franja, que não é muito volumosa – detalhe importante para a composição do look.

 

a evolução das franjas

1. Jane Birkin (anos 70) / 2. Jessica Biel (2013) / 3. Alexis Bledel (2013) / 4. Jeanne Damas (2018) / 5. Dakota Johnson (2017).

 

Mia Farrow criou um dos curtos mais adotados atualmente: o joãozinho. O nome é dedicado ao tipo de corte inspirado no masculino, com franja super curta e penteada para a lateral.

 

a evolução das franjas

1. Mia Farrow (1966)/ 2. Emma Watson (2010)/ 3. Anne Hathaway (2012)/ 4. Victoria Beckham (2008)

 

Fotos: Reprodução

Posts Relacionados

Deixe um comentário