Nos habituamos a usar bolsas para carregar nossos pertences essenciais, mas convenhamos que alguns modelos são tão pequenos, mas tão pequenos que nos perguntamos: qual é o propósito do acessório, a não ser complementar uma produção? Muito além disso, as mulheres membro da família real britânica nos ensinam que a bolsinha de mão tem mil e uma utilidades/significados!
A princesa Diana, por exemplo, foi uma das adeptas das que ficaram conhecidas como “bolsas de decote“. Suas bolsinhas de mão rígidas eram super parceiras na proteção do colo, principalmente na hora de sair do carro ou de se abaixar. Imagina só, ela que vivia rodeada de paparazzi não podia dar mole e mostrar mais do que o necessário…

Já a emblemática bolsinha de mão usada pela rainha Elizabeth tem propósito mais do que nobre: diz que se a rainha posiciona o objeto em cima da mesa significa que ela quer ir embora do evento em um prazo de cinco minutos. Se ela coloca o acessório no chão é sinal que quer ir embora imediatamente.

Até mesmo a Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, a mais jovem integrante dessa família real, arrumou uma boa desculpa para usar pequenas bolsas. Quando ela as carrega com as duas mãos é sinal que quer evitar cumprimentos constrangedores. Simples, eficiente e classudo, não?

 

1. Bolsinha de couro (vem com uma alça longa também). R$ 179 na Corello / 2. Bolsinha saco de couro sintético. R$ 140,90 na Forever 21 / 3. Bolsa de nylon matelassado com alça de couro. R$ 199 na Parfois / 4. Clutch de acrílico. R$ 249 na Balonè / 5. Clutch revestida com couro sintético. R$217 na Glida

Fotos: This Is Insider e Aline Prado.

Da Redação