Uma manifestação tomou conta do tapete vermelho do último Globo de Ouro, no começo deste mês: as atrizes vestiram preto para protestar contra os casos de assédio sexual na indústria cinematográfica. Ontem (28/01) na cerimônia de entrega do Grammy não foi diferente: as indicadas ao prêmio mais importante da indústria fonográfica acrescentaram uma rosa branca ao look como forma de apoio ao movimento #Time’sUp, que luta por direitos iguais e contra o assédio no ambiente de trabalho. Mas qual o significado da rosa branca nessa história? A ideia partiu das executivas Meg Harkins (da Roc Nation) e Karen Rait (Interscope Records), que se inspiraram na cor das roupas usadas pelas sufragistas, primeiras mulheres a terem lutado em um movimento social, político e econômico de reforma com o objetivo de estender direito de votar às mulheres. Branco também foi a cor que Hillary Clinton usou quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assumiu seu cargo.

Referência devidamente explicada, chegou a hora de conferir as produções das famosas que participaram da cerimônia – e a gente já adianta: não foram os modelos de festa que roubaram as atenções e os flashes, mas os penteados!

A começar por Lady Gaga (acima), que elegeu um modelo relativamente comportado – relembrando o histórico de looks da cantora -, assinado pela Armani Privé. Mas bastou ela virar de costas para exibir a surpresinha: essa trança com cadarço.

Lana Del Rey surgiu imaculada a bordo de um modelo com cara de robe de seda e cravejado de cristais – um oferecimento, Gucci.

Para concluir o look santinha do pau oco, a cantora usou uma coroa de estrelas – que todo mundo já quer copiar agora mesmo pro Carnaval, estamos erradas?

A bordo de um Ralph & Russo digno de Oscar, a inglesinha Rita Ora (abaixo) encarnou a beleza dos anos 40 com as ondas nos cabelos.

Será que essa foi uma tentativa de disfarças a raiz natural, que já ultrapassou os quatro dedos?

Quem também brincou de bonita e comportada com cabelo lindo de morrer foi Miley Cyrus (abaixo), que confirmou sua nova fase “calminha” a bordo de um macacão Jean Paul Gaultier.

E olha só que cabelão!

 

A nova curtinha do pedaço, Katie Holmes (abaixo) sempre se esforçou para imprimir uma certa excentricidade nos tapetes vermelhos – mas essa manobra merece uma certa análise…

Ela é fofa e a gente adora, mas será que esse cabelinho com referência anos 20, com efeito molhado tipo gloss, foi a melhor escolha pra combinar com o look Zac Posen, também de acabamento brilhante? 

 

Pra fechar, Chrissy Teigen (abaixo), no esplendor de sua segunda gestação, como todo o brilho que poderia pedir do look Yanina Couture, nos deixou a seguinte dúvida: ela cortou ou não os cabelos na altura dos ombros?

 

Se ela realmente se rendeu às tesouras ou se simplesmente deu um truque enrolando os fios, parece que só vamos saber na próxima sua postagem nas redes sociais – o bom é que isso não deve demorar pra acontecer!

Fotos: Getty Images

Da Redação