O Halloween, celebração norteamericana do dia das bruxas, é assunto sério na casa de Heidi Klum. As festas oferecidas pela modelo alemã, que atualmente vive nos Estados Unidos, se tornaram famosas graças ao comprometimento que ela mantém com suas fantasias. Seus looks só são revelados no momento da festa, mas nos últimos anos ela conseguiu fazer um certo drama misterioso ao soltar pequenas doses do processo de caracterização – sempre muito meticuloso, vale dizer – nas redes sociais.
Então vamos voltar no tempo e nos inspirar pra festejar por aqui também? Nossa retrospectiva começa no ano 2000, com Heidi vestida de boneca gótica nessa foto aí em cima.

Em 2001 foi a vez de chegar na festa a cavalo, pra dar mais ênfase à personagem Lady Godiva que, claro, ganhou uma versão mais trash para o Halloween, com um pouquinho de sangue escorrendo no canto da boca…

Heidi foi Betty Boop em 2002 – e se tem alguém com corpo para isso é ela, né, Brasil?

Em 2003 foi a vez do Alien Dourado, e nem os dentes foram poupados da caracterização!

Uma bruxa vermelha com dentes de vampiro em 2004, afinal, é Halloween! Até assim Klum fica sexy…

O cabelo e os dentes aumentaram de tamanho no ano seguinte: 2005 deu vampira sexy com direito a coração pulando pra fora e tudo mais.

O fruto proibido? Em 2006 Heidi Klum foi a serpente do Jardim do Éden. Venenoooosa!

Em 2007 ela foi uma gatinha do mal. Miaaau!

Prova de que Heidi Klum não teme suas caracterizações é essa fantasia de Deusa Kali, usada em 2008. Esposa de Shiva e deusa da morte do ego, reza a lenda hinduísta que Kali carrega um colar de crânios e saia de braços decepados para expressar a implacabilidade da morte.

Toda pintada de preto e com um enorme bico no rosto: em 2009 Heidi era um corvo preto! Quer mais Halloween que isso? Só no filme do Hitchcock.

Heidi em versão Transformers pra festa de 2010 – mas péra: reparou na altura da modelo em relação às outras pessoas? Isso que é dedicação, minha gente!

Foi uma verdadeira aula de anatomia humana sua fantasia de 2011: Klum chegou de maca e com um médico de plantão ao lado.

O ano foi tão bom que rendeu outra fantasia: de macaco, em parzinho com seu então marido Seal.

Poderia ser só mais uma fantasia de Cleópatra, mas os cristais grudados no rosto da modelo roubaram a cena, né mores?

Essa é pra quem tem medo de envelhecer: Heidi Klum versão idosa (e bota idosa nisso) em 2013. Haja efeitos especiais!

Fantasia de borboleta é uma coisa. Heidi Klum no Halloween de 2014 vestida de borboleta, com direito a anteninhas e olhos de mosca, é outra bem diferente. Cadê o nariz?

Será que os homens que sonham com a personificação de Jessica Rabbit encarariam essa versão plastificada, encarnada por Heidi em 2015?

https://www.instagram.com/p/BMPSteagwCl/

O último Halloween foi bastante misterioso. A modelo postou várias dicas em seu Instagram para mostrar que a fantasia seria tão elaborada quanto as dos últimos anos, com direito a máscara de silicone para gerar outra forma no rosto… mas o que seria?

No dia da festa, a revelação: não foi Heidi Klum que passou pelos efeitos especiais, mas cinco outras modelos,  transformadas em seus clones! Desfile da Victoria’s Secret from hell, talvez?

Agora é aguardar o que vem aí pra festa de 2017. Apostas?

Fotos: Reprodução, Instagram @HeidiKlum.

Da Redação