Se você acha que levantar da cama pela manhã com pele maravilhosa e juba bem arrumada é milagre que só acontece em filme ou novela, conhecemos uma manobra que promete trazer a ficção para a realidade. Mas primeiro vamos entregar o vilão da história: quem causa toda essa bagunça no visual é o atrito da pele contra as fibras do tecido da roupa de cama enquanto dormimos. De acordo com a dermatologista norte americana Dra. Rachel Nazarian, tecidos mais espessos como o algodão, mesmo aqueles suaves ao toque, são capazes de provocar irritação na pele, romper pequenos vasos, levar à perda da sua umidade natural e até gerar seu envelhecimento precoce. Além disso, as dobras desses tecidos podem levar ao aumento do número de rugas mais profundas ao longo do tempo. Agora vamos para a solução: para evitar todo esse estrago, a dra. sugere usarmos em nossos travesseiros fronhas de seda ou cetim, já que suas fibras deslizam facilmente em contato com a nossa pele, causam menos fricção e evitam as irritações, e também com os nossos cabelos, evitando que amanheçam rebeldes e até afastando aquele indesejado efeito frisado. Se você gostou da estratégia mas não tem nenhuma fronha milionária para usar na próxima noite, pode improvisar e encapar seu travesseiro com um lenço de seda para garantir um verdadeiro sono da beleza. Agora se quiser adota-la pra vida, na MMartan tem jogo de cama todinho de seda que nós já vimos e cobiçamos muito…

Foto: Reprodução

Regina Lemos é uma advogada apaixonada por moda e beleza. Ela é colaboradora assídua do Blog do MorumbiShopping.