Quem aí já passou pela situação constrangedora de estar falando sobre algo importante e, de repente, perder completamente o raciocínio? Se você sofre constantemente com essa espécie de congelamento cerebral não se apavore, mas comece a se gabar! Isso porque um recente estudo científico apontou que as pessoas com essa característica tendem a ser mais inteligentes. O estudo avaliou a capacidade da memória do trabalho de 85 voluntários – memória de trabalho tem a ver com a capacidade de armazenamento e de processamento de várias informações ao mesmo tempo -, que foram submetidos ao seguinte teste: desempenhar, sob pressão, tarefas que dependiam de cálculo matemático. “Quanto mais rápido você conseguir resolver, maior será sua recompensa!” Os resultados demonstraram que os voluntários dotados de alta capacidade de memória de trabalho foram os mais afetados pela pressão psicológica e tiveram os piores desempenhos. Então respira e vai, gente, na tranquilidade…

Foto: Getty Images

Regina Lemos é uma advogada apaixonada por moda e beleza. Ela é colaboradora assídua do Blog do MorumbiShopping.